Corinthians é vice no Brasileiro Juvenil de Natação

291688683_408968371004440_6561305027370494532_n

O Sport Club Corinthians Paulista brigou até o último revezamento pelo título do Campeonato Brasileiro Interclubes Juvenil de Natação de Inverno – Troféu Arthur Sampaio Carepa – e no final ficou com o vice-campeonato, 27,5 pontos atrás do Minas Tênis Clube. A equipe alvinegra acumulou 1610 pontos. Em 3º lugar ficou a equipe do SESI-SP, com 1482, com destaque para a sua forte equipe juvenil 1, que venceram tranquilamente na disputa por pontos nesta categoria. O Esporte Clube Pinheiros terminou em 6º lugar na pontuação geral com 795 pontos e 4º na pontuação somente juvenil 2, e a Natação Americana terminou em 9º lugar com 513 pontos, fechando a lista dos clubes de São Paulo que ficaram no TOP 10 da competição.

No entanto, no quadro final de medalhas, o Corinthians foi a equipe com mais vitórias, 10 no total, seguido do Pinheiros com 9, empatado com a Aquanaii, de Brasília. A competição foi realizada entre os dias 28 de junho a 2 de julho no Parque Aquático do Clube de Regatas Vasco da Gama, no Rio de Janeiro.

Nos recordes superados, o destaque foi para os atletas do Pinheiros, Samuel Lopes, novo recordista nos 100m costas juvenil 2 com 57.41, e a equipe masculina do 4x100m livre juvenil composta por Pedro Sansone, Samuel Lopes, Lúcio Paula e Vinícius Meirelles, que venceu a prova com 3:30.21. Mas outros dois recordes de campeonato foram estabelecidos por equipes paulista: a equipe mista do Corinthians – Larissa Borba, Samuel Valicheski, Miguel Ribeiro e Rafaela Sumida – venceu a primeira prova final da competição, o 4×100 medley misto, com novo recorde de 4:07.08. Manuela Sega, da Natação Americana, é a nova recordista dos 100m peito juvenil 1 com 1:12.55, e Gabriel Machuco, do SESI-SP, venceu a prova de 100m livre com novo recorde de campeonato, 52.25, e resultado que também lhe rendeu o troféu de Melhor Índice Técnico na categoria juvenil 1.

Além de Miguel, os outros melhores índices técnicos foram para Agatha Amaral, do Aquanaii (2:22.14 nos 200 medley juvenil 1), Pedro Sansone Andrade, do Pinheiros (51.60 nos 100 livre juvenil 2), empatado com Matheus Cony Siniscalchi do Círculo Militar (15:58.08 nos 1500 livre juvenil 2), e Beatriz Bezerra, da AABB Recife (1:00.07 nos 100 borboleta juvenil 2, marca que também foi o único recorde brasileiro de categoria estabelecido na competição).

No Troféu Eficiência, Rafaela Sumida, do Corinthians, empatou em 1ª no juvenil 2 feminino, ao passo que no masculino o domínio foi de Samuel Lopes, do Pinheiros. Na categoria juvenil 1, Agatha Amaral foi a única que conseguiu os dois maiores títulos individuais na competição, e no masculino o troféu eficiência foi para Guilherme Escudeiro, da Aquanaii.


Eventos relacionados

TROFÉU ARTHUR SAMPAIO CAREPA
28/06 a 02/07/2022, RIO DE JANEIRO
Local: CLUBE DE REGATAS VASCO DA GAMA

Posts relacionados

Deixe um comentário