Thaiana Amaral quebra o primeiro recorde para São Paulo no Chico Piscina

IMG_3751

Caiu o primeiro recorde para São Paulo neste Troféu Chico Piscina. Thaiana do Amaral é a nova recordista dos 200m livre infantil com 2min05s06 e conquistou a sua primeira medalha de ouro na competição. O tempo era de Rafaela Raurich, 2min05s25, e foi estabelecido em 2014.

“Eu fiquei muito feliz, porque no dia anterior, eu e a Sophia tivemos uma disputa grande nos 400m livre. Ter esse recorde batido foi muito importante para mim. Eu nem estava pensando no recorde, mas ajudar a pontuação da seleção foi muito importante para mim. Estou muito feliz em defender a seleção pela primeira vez. O time é muito unido, com muita garra! Eu tenho certeza que vamos ganhar e, se não acontecer, só de ter essa experiência de estar com o pessoal é uma grande oportunidade para mim”.

Dobradinha no pódio com Sophia Coleta, vice-campeã com a marca de 2min06s22.

Com os meninos, Pedro Zaccharias terminou na quinta colocação com 2min02s68 e Bruno Oliveira foi o sétimo com 2min02s89.

Giovana Medeiros nadou para 2min05s26 e conquistou a sua segunda dourada na competição. Giulia Mantuan foi a sétima colocada com 2min11s97. Lucas Tudoras e Stephan Steverink subiram na segunda e terceira colocação, respectivamente, tempos de 1min53s47 e 1min54s48.

Na prova dos 100m borboleta, Laura Xavier foi vice-campeã, seguida por Giulia Pereira. Laura fez 1min04s30 e Giulia nadou para 1min05s69. Gustavo Nogueira vibrou ao conquistar um lugar no pódio, terceiro colocado com 1min01s14.

Stephanie Balduccini também conquistou a sua segunda medalha de ouro na competição e fez o melhor tempo da vida: 1min02s58. A medalha de bronze foi para Yasmin Lopes com 1min03s77. Na prova masculina, Lucas Tudoras foi prata com 56s24 e João Vieira Garcia conquistou o bronze com 56s58.

Anna Beatriz Machado foi bronze nos 200m medley

Anna Beatriz Machado foi a representante paulista no pódio dos 200m medley. Com 2min28s64, ela foi a terceira colocada. Joanna Farina terminou em sexto lugar (2min34s59) e Bruno Hosokawa fez o oitavo tempo, 2min23s12.

Stephan voltou ao pódio, dessa vez no topo, ao vencer os 200m medley. Caçula da premiação, seu tempo foi de 2min06s70, melhor tempo da carreira. João Garcia também melhorou seu tempo e levou a prata, 2min09s50.

Stephan Steverink campeão dos 200m medley

“Eu já estava buscando essa medalha desde o começo da competição. Essa foi a minha melhor prova no campeonato, os 200m medley. Eu fiquei 40 centésimos acima do recorde, por enquanto está tudo bem, vou buscar no Brasileiro bater esse recorde. Meu desempenho na competição foi bom, foram dois bronzes e um ouro. Acho que ajudei bastante a equipe e estou bem feliz de ter ganho uma prova de juvenil absoluto”.

Nos revezamentos livre, as meninas infantis e juvenis venceram as disputas. Thaiana, Sophia, Laura e Fernanda Santos fizeram 3min59s75. Já as juvenis Giovana Medeiros, Cibelly Martins, Yasmin e Stpehanie nadaram para 3min55s56.

Os infantis Leonardo Dias, Gabriel Schwan, Bruno Oliveira e Pedro Zaccharias terminaram na segunda colocação, 3min43s26. E os juvenis Lucas, Matheus Bueno, Flávio Oliveira e Davi Yang ficaram em terceiro lugar.

Pódio do revezamento juvenil masculino

Até o momento, a equipe de São Paulo lidera o campeonato com 330 pontos. Rio de Janeiro subiu uma colocação e é o segundo colocado com 259 pontos. Paraná é o terceiro com 222 pontos.

Posts relacionados

Deixe um comentário